Aguinaldo Silva critica Beyoncé, e artistas cobram negros em suas novelas

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — Os atores Jéssica Ellen e Rafael Zulu criticaram um posicionamento polêmico do autor de novelas Aguinaldo Silva que disse nas redes sociais que a cantora Beyoncé pertenceria a uma “elite branca”.

O comentário foi feito após serem veiculadas imagens da cantora usando um colar de diamantes avaliado em R$ 160 milhões. Ele citou uma mulher negra e diarista como exemplo para opinar sobre o fato de não ter gostado de ver Beyoncé ostentando a peça.

“Fico aqui a imaginar o que lhe passa pela cabeça quando ela lê notícias como essa sobre o colar milionário de Beyoncé”, disse. Ao ser indagado por um seguidor que Beyoncé era da elite, ele emendou: “Isso mesmo. Da elite branca”.

A explanação revoltou Ellen e Zulu que reclamaram de nunca terem visto pessoas negras nas obras escritas por Aguinaldo enquanto profissional da TV Globo. Ele deixou a emissora após 40 anos em janeiro de 2020.

“Agnaldo, vamos falar de Brasil? Quando em suas novelas seus protagonistas tiveram a pele como a minha? Quando em suas novelas a cultura preta brasileira foi abordada para ajudar na autoestima da população preta?”, disse Ellen em uma postagem.

Ela continuou. “Quando eu olho a imagem da Beyoncé poderosa e milionária, penso na potência que nós negros somos e o quanto ela inspira milhares de pessoas pretas no mundo todo. Em pleno 2021, a lista de protagonistas pretas na TV brasileira não chega nem a cinco nomes”, escreveu.

Rafael Zulu engrossou o coro. “Ah Sr. Aguinaldo Silva, acorda! Nunca vi protagonista preto em seus trabalhos. E olha que não foram poucos. O senhor sempre foi do dream team [time dos sonhos] dos autores da Rede Globo nos tempos áureos e nada de preto em destaque. Agora me vem na altura do campeonato criticá-la por isso?”, publicou.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp