Ana Maria Braga passa por cirurgia: “Parece um milagre”

Ana Maria Braga surpreendeu os seguidores ao aparecer com um tampão no olho direito. A apresentadora revelou que precisou passar por uma cirurgia por causa da catarata.

Em postagem no Instagram, Ana Maria aproveitou para derrubar alguns mitos sobre o procedimento e ainda fez um alerta para os fãs.

“Pirata moderna, só que não. Foi catarata, mas estou completamente recuperada, viu? Eu achava que catarata era uma coisa de outro mundo, mas olha é uma cirurgia de 15 ou 20 minutos”, escreveu.

“Parece um milagre mesmo! Então, se você está com um borrão na visão dá uma passada no médico ver o que é!”, completou.

A apresentadora sempre fala dos problemas de saúde. No começo de 2020, Ana Maria revelou, durante o programa ‘Mais Você’, que tinha sido diagnosticada novamente com câncer de pulmão. A apresentadora já tinha tido dois tumores no mesmo órgão.

Mais recentemente, em julho, ela foi diagnosticada com o novo coronavírus, algo que pode acontecer mesmo com quem completou o esquema vacinal (com dose única ou duas doses), que foi o caso dela. Na ocasião, ela estava chegando aos estúdios do programa para gravar e, após o resultado, foi encaminhada a um hospital.

Além da transparência, outra característica da apresentadora é manter o bom humor e encarar tudo com muita tranquilidade. Por isso, Ana Maria até brincou com a aparência neste domingo. “Pirata moderna, só que não”, disse.

 

O que é catarata?

A catarata é uma doença ocular que, visivelmente, se apresenta como uma mancha branca no olho. Mas, antes disso, ela pode prejudicar a visão, tornando-a embaçada. A enfermidade é causada pelo envelhecimento natural do cristalino, uma espécie de lente que se ajusta para que as pessoas enxerguem bem de longe e de perto.

Com o passar dos anos, essa membrana fica mais fina, perde elasticidade e compromete o foco, deixando o cristalino opaca. É isso que provoca a mancha esbranquiçada.

Além de diminuir a visão, a catarata é responsável por 47,8% dos casos de cegueira no mundo, segundo o Ministério da Saúde, acometendo principalmente a população idosa. Mas a correção, como Ana Maria Braga mostrou, é simples: na cirurgia, o médico substitui a membrana por uma lente intraocular artificial e transparente.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Fonte: Terra
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp