Aplicativo finlandês para alfabetização chega ao Brasil com aval do MEC

Conteúdo patrocinado. Já em uso em outros países, o Graphogame chegou ao Brasil para auxiliar na alfabetização formal de crianças entre 4 e 9 anos de idade. A ferramenta é utilizada com sucesso no exterior e tem apoiado famílias e educadores no processo educativo das crianças. No Brasil, o aplicativo foi lançado na última sexta-feira (27), pelo Ministério da Educação (MEC), por meio da Secretaria de Alfabetização (Sealf).

O Graphogame, criado pela empresa finlandesa Grapho Learn, é um jogo educacional com um ambiente virtual para a aprendizagem de habilidades fonológicas. Inicialmente desenvolvido como ferramenta de apoio para crianças com dificuldades de leitura, o aplicativo desenvolve habilidades relacionadas aos sons da linguagem e ajuda a aprender a ler. 

O aplicativo está presente em mais de 30 países de todo o mundo, tendo sido adaptado para mais de 25 línguas. No Brasil, o projeto foi realizado em parceria com o Instituto de Cérebro (InsCer) e a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

Eficiência do aplicativo

A eficiência do GraphoGame foi comprovada cientificamente. De acordo com os estudos, ele é ainda mais efetivo quando utilizado pela criança sob supervisão e com o engajamento de um adulto. Por isso, a participação de pais, professores, diretores, vice-diretores, coordenadores pedagógicos e gestores de redes educacionais é muito importante.

Dados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) mostram que, em 17 estados, alunos do 2º ano do ensino fundamental possuem desempenho abaixo da média nacional em Língua Portuguesa. Assim, o aplicativo é uma aposta do MEC para incentivar a alfabetização infantil.

O jogo funciona sem precisar de conexão com a internet e poderá ser baixado gratuitamente nas lojas virtuais da Apple, Google e Windows

R7

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp