Bandidos são presos após escalarem torres para roubar internet

A 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Norte) registrou uma prisão, em flagrante, de dois integrantes de uma quadrilha especializada em furtos e roubos de placas de transmissão de sinal de internet. Eles agiam em toda a região Centro-Oeste, incluindo o Distrito Federal. Escalavam torres, utilizando até rapel.

Os criminosos, oriundos da cidade de Aparecida de Goiânia (GO), agiam escalando as torres de Estação Rádio Base das operadores de celular e, com material de arrombamento, abriam os gabinetes e subtraíam as placas responsáveis por transmitir sinais de celular para os assinantes.

As placas eram revendidas para pequenos provedores de internet locais. O valor de mercado de cada placa gira em torno de R$ 30 mil e os ladrões as vendiam por cerca de R$ 15 mil.

O grupo agia com violência, utilizando armas de fogo quando vigilantes se aproximavam para realizar a abordagem.

Nesta sexta-feira, 12, a quadrilha subtraiu placas da empresa Claro em Anápolis e dois de seus integrantes vieram para Brasília, onde venderam um dos objetos para um provedor da Cidade Estrutural.

As equipes então prenderam dois autores do furto e do receptador, recuperando as duas placas subtraídas em Anápolis. O grupo era investigado havia cerca de três meses, após terem subtraído placas de uma torre da TIM que fica na Ceilândia.

Com o grupo, ainda foram aprendidos material de rapel e maquinário para arrombamento.

Redação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp