Barcelona tenta barrar Messi no PSG e acusa clube francês de violar fair play financeiro

Depois de uma despedida emocionante do Barcelona no domingo (08) e os indícios que vai assinar com o Paris Saint-Germain em breve, Lionel Messi pode ser impedido de acertar com o clube francês. De acordo com informações do jornal espanhol Marca, sócios do clube blaugrana tentam barrar a transferência. Segundo a publicação, a denúncia feita à Comissão Europeia tem como base o não cumprimento do fair play financeiro por parte do PSG. Neste caso, o jogador argentino não poderia ser registrado pela nova equipe.

“Os índices do PSG em termos de fair play financeiro são piores que os do Barcelona. Na temporada 2019/20, a relação entre salários e rendimentos da equipe parisiense era de 99%, enquanto a do Barça era de 54%”, diz trecho da denúncia.

Para de fato impedir que a contratação de Messi pelo Paris Saint-Germain seja realizada, a denúncia precisa ser aceita antes que o contrato seja assinado. Uma vez que o acordo seja fechado, as leis trabalhistas protegem o atleta, o que levaria tempo até a abertura de processo.

O fair play financeiro foi instaurado no futebol para evitar que equipes invistam em contratações e vencimentos de atletas mais do que arrecadam em dinheiro. O PSG, contudo, por ser controlado por empresários do Qatar, consegue gerar receitas de outras formas, até burlando o próprio fair play com contratos fantasmas de patrocínio.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp