BORRÉ MOSTRA INTERESSE EM DEFENDER O GRÊMIO NA TEMPORADA

O presidente Romildo Bolzan elogiou o atacante Borré em suas últimas entrevistas. Segundo ele, diversos clubes do mundo devem ter pensado na contratação do artilheiro, que ficará livre no mercado no meio do ano. E o atacante parece ter ficado satisfeito com os valores oferecidos pelo tricolor.

Por mais que negue uma proposta oficial, o jornalista Jorge Nicola noticiou que o Grêmio ofereceu 1,5 milhão de dólares por ano ao atacante colombiano. Assim, Borré receberia R$ 680 mil para defender o Grêmio. Além disso, pagaria luvas de 4 milhões de dólares, até dezembro de 2024. Isso daria mais R$ 450 mil por mês.

Contudo, a proposta que teria agradado Borré não foi esta. O jornalista Vagner Martins, da Band RS, explicou que a direção não desistiu do acordo. O atleta teria pedido um tempo para pensar nos valores e deve responder dentro de poucos dias.

Borré já havia aceitado uma proposta do Palmeiras, onde ganharia cerca de R$ 1 milhão por mês. Mas, quando a assinatura do pré-contrato estava próxima, o Verdão optou por desistir. A pandemia de Covid-19 foi um dos principais fatores para isso.

Ainda segunda Vagner Martins, o tempo pedido por Borré tem relação com alguma proposta vinda da Europa. A direção tricolor está confiante no negócio. Aliás, um jogador do futebol argentino deve desembarcar no Salgado Filho nos próximos dias, e ele pode ser Borré.

Borré chegaria para ser o goleador do Grêmio

– Publicidade –

Diego Souza foi o maior artilheiro do país na última temporada. Mesmo assim, Renato Portaluppi pede a contratação de um goleador. Alguém que tenha o ofício de fazer gols. Borré ficará livre no mercado no meio do ano e por isso aparece como uma das principais opções.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp