Deverá vir de Campina o próximo governador da Paraíba? – Por Rui Galdino

Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. As águas terrestres que se movimentam na planície da nossa política visando 2022, ainda estão turvas, no entanto, já é possível visualizar que a principal liderança de oposição ao governo estadual, é o ex-prefeito de Campina Grande, ROMERO RODRIGUES. Meses atrás, imaginava eu, que o jornalista NILVAN FERREIRA, poderia ser o futuro vice de Romero, no entanto, outro nome começa a criar musculatura e já está sendo cotado para ser o vice de Romero. Trata-se do ex-presidente da Assembléia Legislativa, RICARDO MARCELO.

Ricardo Marcelo, além de ser um empresário bem sucedido, nunca fez da política uma profissão e sim, um sacerdócio. É um político cumpridor de seus compromissos, ético, correto, honesto, equilibrado, transparente em suas ações e corajoso. Quem não se lembra, do enfrentamento de Ricardo Marcelo, quando era presidente da Assembléia, com relação ao então e todo poderoso governador Ricardo Coutinho? Marcelo, nunca baixou a cabeça para Coutinho e o enfrentou pra valer, não permitindo que o Poder Legislativo se tornasse um puxadinho do Palácio da Redenção. Na verdade, Ricardo Marcelo, sempre foi um político diferente e seria um vice-governador de ouro para qualquer governo.

Outro fato que poderá acontecer no cenário de 2022, é a possibilidade do governador João, em não disputar a sua reeleição. Pois é, acredite se quiser! Além disso, fiquei sabendo que as previsões meteorológicas apontam chuvas torrenciais que cairão sobre o Palácio da Redenção em breve e como a sede do governo não foi devidamente reformada, a inundação poderá ser grande! Atenção BANDEIRA e GUERRA, é hora de fazer uma revisão no telhado e nas vigas de sustentação do Palácio da Redenção e não se esqueçam do piso…

Não sei por que, mas algo me diz que o candidato a governador do governo, será o senador VENEZIANO VITAL DO RÊGO. Anotem! Vené, é um político de sorte, grande articulador, inteligente e a sua visão de “águia” já lhe é tida nessa direção. Herdeiro por gravidade do MDB paraibano, Veneziano se prepara para reerguer o partido em todo o estado e pavimentar o caminho para realização de um sonho: Ser governador da Paraíba. Outro fato importante, é que MERSINHO LUCENA, filho de Cícero, poderá ser o vice-governador de Veneziano.

Então, no resumo da ópera, baseado na tese macabra de Manoel Gaudêncio, onde diz que a política é muito dinâmica, poderemos ter um novo cenário para 2022 na política paraibana, com o governador João Azevedo fora do páreo e com as seguintes chapas para governador: Romero Rodrigues e Ricardo Marcelo X Veneziano Vital e Mersinho Lucena. E ainda tem os nomes de Daniela Ribeiro, Ricardo Coutinho, Cássio Cunha Lima, Luciano Cartaxo, Cabo Gilberto, Nilvan Ferreira, Ruy Carneiro, Pedro Cunha Lima e Cícero Lucena, que também poderão causar mudanças em cenários futuros. Com relação ao cenário para senador e deputados federais abordaremos em breve. Haja coração!

Fonte: Polêmica Paraíba

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp