DIOCESE DE GUARABIRA CRIA ÁREA PASTORAL EM SOLÂNEA

Considerando as necessidades pastorais do município de Solânea, Paraíba, visando o bem do povo de Deus e desejando corresponder às urgências da evangelização, Dom Aldemiro Sena, bispo diocesano de Guarabira, comunicou a feliz decisão de criar a Área Pastoral Sagrada Família, dentro do respectivo município.A referida Área terá como matriz a Igreja da Sagrada Família e será formada pelas seguintes comunidades:

  • Comunidade Nossa Senhora das Dores;
  • Comunidade Santo Expedito;
  • Comunidade São José;
  • Comunidade São João Batista;
  • Comunidade Santa Tereza d’Avila;
  • Comunidade Santa Luzia
  • Comunidade Nossa Senhora de Fátima.
  • Alagoinha dos Bragas
  • Sítio Videl
  • Olho d’água
  • Barrocas
  • Pedra Grande
  • Lagoa do Tanque
  • Saco dos Campos
  • Fragoso
  • Bom Sucesso
  • Sítio Palmas
  • Goiânia / Casa do Mel
  • Cacimba da Várzea
  • Corrimboque
  • Capivara I
  • Capivara II
  • São Luiz
  • Assentamento São Francisco
  • Gruta Santa Teresa

A formação de uma área pastoral antecede a constituição de uma paróquia, correspondendo, portanto, à etapa inicial desse processo. Por meio das áreas pastorais, são aferidas as características e necessidades espirituais do povo residente na região, nesse caso, residente nas comunidades supramencionadas. Ademais, podem ser planejados os passos subsequentes para criação da nova paróquia mediante à realidade do povo.

A criação dessa nova Área Pastoral visa prestar melhor atendimento e acolhimento aos fiéis que, agora, terão um pastor ainda mais próximo do rebanho. Essa missão foi incumbida ao reverendíssimo Pe. Demétrio de Morais, que assumirá a função de administrador.

A Missa de criação e instalação acontecerá no próximo dia 10 de abril, às 19h00min, na Igreja da Sagrada Família, e será presidida pelo Bispo Diocesano de Guarabira, Dom Aldemiro Sena dos Santos.

Peçamos a intercessão de Nossa Senhora da Luz, a fim de que a obra de evangelização da Área Pastoral Sagrada Família obtenha resultados exitosos, plantando em mais e mais corações a semente do Evangelho, da Boa Nova de Jesus Cristo.

Por: Pastoral da Comunicação Diocesana – PASCOM 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp