Ela ganhou gorjeta de R$ 10 mil (mas restaurante não quis pagar um centavo).

Um cliente generoso ofereceu à garçonete Emily Bauer uma gorjeta de US$ 2 mil (cerca de R$ 10, 2 mil), mas o restaurante no qual ela trabalha, no estado norte-americano do Texas, se recusou a creditar o valor para que a funcionária recebesse o dinheiro. A justificativa para o empecilho foi que o sistema do estabelecimento não reconhecia gorjetas com valores acima de US$ 500 (R$ 2,5 mil). Assim, Emily ficou sem receber nenhum centavo do agrado, que havia sido oferecido como presente de Natal.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp