Emissoras param de tocar DJ Ivis por causa de agressões à ex-mulher

Emissoras de rádio e televisão do Ceará estão anunciando que não vão mais tocar as músicas do DJ Ivis em sua programação por conta das denúncias de violência contra sua ex-mulher, Pamella Holanda, que vieram à público. Os vídeos nos quais o produtor musical aparece agredindo Holanda viralizaram na internet desde que foram divulgados no último domingo (11/7).

“Em virtude da agressão cometida pelo DJ Ivis contra a esposa Pamella Holanda, nós não iremos mais reproduzir nenhuma música dele em nossa programação. Esperamos que justiça seja feita por esta mulher, a filha dela e por todas as que sofrem violência doméstica”, informou em nota a emissora FM 93, que faz parte do Sistema Verdes Mares de Comunicação.

O Grupo Cidade de Comunicação também emitiu um posicionamento contra o DJ Ivis. “Informamos que, devido aos atos de violência cometidos pelo cantor e compositor DJ Ivis contra a ex-companheira Pamella Holanda, nós retiramos os hits do artista da programação musical de nossas rádios”. Fazem parte do grupo as emissoras Atlântico Sul FM 105.7, Cidade 99.1, Jovem Pan Fortaleza 94,7, 89,9 FM e Cidade AM 860, entre outras.

“Não se justifica a violência e a Sinal, em hipótese alguma, compactuará com esse tipo de atitude, portanto a partir de hoje retira da programação musical da rádio todas as músicas do cantor em questão”, afirmou a Rádio Sinal FM 91.1, da cidade de Tauá, do Sistema Sinal de Comunicação.

A Rádio Plus FM, do Grupo Cearasat de Comunicação, fez o mesmo. “A emissora reafirma que não compactua, de forma alguma, com qualquer tipo de violência contra a mulher seja ela física, psicológica, sexual ou patrimonial. E, em respeito a Pamella Holanda, assim como todas as mulheres vítimas de violência, a Rede Plus FM anuncia a retirada de todas as músicas que contam com a participação do agressor, DJ Ivis, da nossa programação”.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp