Empresa paraibana fabrica máscara em parceria com Unicamp que mata Coronavírus em um minuto

A empresa Asa Branca, em parceria com Unicamp e Delfin Protect, desenvolveu uma máscara com tecido fabricado com partículas antivirais, elimina fungos, bactérias, ácaros e também o vírus da Covid-19.

O tecido é uma mistura de poliéster, algodão e micro partículas de prata que inativam o vírus através do processo de oxidação.

É o mesmo fenômeno que ocorre, por exemplo, quando se aplica água oxigenada em cortes e ferimentos – matando os germes e inibindo infecções.

Os testes foram feitos com amostras do coronavírus, colhidos no início da pandemia.

O resultado surpreendeu os cientistas: 99,9% dos vírus foram inativados em contato com o tecido.

Os pesquisadores acreditam que a performance pode ser ainda maior nas máscaras dos usuários, já que nos testes os tecidos foram submetidos a altas cargas virais.

A tecnologia é 100% brasileira, desenvolvida por pesquisadores paulistas e atestada pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (USP).

Mais higiene e conforto

Além de ser letal para o Coronavírus, a máscara também oferece mais conforto aos usuários, com alças ajustáveis e designer que permite até 80 por cento mais circulação do ar.

O tecido impermeável ainda controla odor e tem rápida secagem, reduzindo a umidade produzida pela saliva e permitindo uso mais prolongado.

clickPb

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp