Familiares enterram idosa por engano após Hospital Regional de Piancó errar identidade da paciente

A família de uma idosa que estava internada no Hospital de Piancó, Sertão da Paraíba, descobriu que enterrou a parente por engano. Eles foram informados pela própria instituição sobre o erro, um dia após o sepultamento. Segundo informações obtidas pelo ClickPB, a idosa havia morrido por Covid-19 e não passou por reconhecimento por conta do caixão lacrado. 

Após perceber o erro, o Hospital entrou em contato com a família para explicar que houve um erro, fruto da confusão de um dos profissionais quando não percebeu que duas pacientes tinham o mesmo nome e entregou o corpo de outra mulher para ser enterrado. 

Quem está viva é Maria França de Andrade, de 76 anos, natural do município de Santa Cruz. A idosa foi internada no dia 24, quando foi diagnosticada com Covid-19.

A direção do hospital explicou que as medidas de reparação foram tomadas e que prestou assistência jurídica às famílias vítimas do erro. 

ClickPb

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp