Flávio Bolsonaro vai representar contra Kajuru no Conselho de Ética por divulgação de áudio

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) vai entrar com uma representação no Conselho de Ética do Senado contra o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) por ter divulgado conversa que teve com o presidente Bolsonaro (sem partido) sobre a CPI da Covid.

Para o senador Flávio Bolsonaro, Kajuru deve ser punido por quebra de decoro parlamentar após gravar e tornar pública uma conversa com o presidente.

Segundo informações do jornal O Globo, o presidente Bolsonaro não tinha ideia de que estava sendo gravado e foi pego de surpresa com a divulgação do áudio feito pelo senador Kajuru.

O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) divulgou neste domingo (11) uma conversa que teve com o presidente Jair Bolsonaro sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, que tem como objetivo investigar a atuação do governo do presidente Jair Bolsonaro diante da pandemia que já deixou mais de 340 mil mortes. O senador foi um dos que acionou o STF pela instalação da comissão.

Ao contrário do que prevê o requerimento da CPI, apresentado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Kajuru disse ao presidente que pretende investigar também governadores. “Eu vou mudar o objetivo da CPI. Eu quero ouvir os governadores. Eu só não quero que o senhor [Jair Bolsonaro] me coloque no mesmo joio”, disse.

Revista Fórum

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp