Inscrições para 50 vagas no curso técnico de informática da Escola de Inovação e Tecnologia da Paraíba começam nesta terça-feira

No período de 16 a 26 de março, os estudantes da 1ª série do Ensino Médio de escolas públicas e privadas poderão se inscrever para concorrer a 50 vagas do curso Técnico de Informática, do Centro Educacional de Inovação e Tecnologia (Inotech). Inicialmente serão ofertadas 25 para iniciar em imediato e 25 para cadastro de reserva. Estudantes de escolas particulares terão 15% das vagas.  

Para concorrer à vaga, os estudantes podem se inscrever preenchendo o formulário online disponível no site aquie anexar os documentos necessários. A seleção dos novos alunos para o Centro Educacional de Inovação e Tecnologia vai acontecer mediante em duas etapas: inscrição e entrevista com a comissão avaliadora do processo. 

Todas as aulas no Inotech serão remotas até a retomada das atividades presenciais, de acordo com o decreto estadual sobre o Covid-19. Os estudantes deverão exercer suas atividades de aprendizagem, no período diurno, de segunda a sábado. O prédio onde a escola vai funcionar está em reforma, e fica localizado no Centro de João Pessoa. 
 
A Escola Inotech terá seis salas interativas digitais, um laboratório maker, laboratório de redes e desenvolvimento e laboratório de lógica e xadrez, outra novidade nesse currículo. As unidades curriculares foram pensadas a partir do Ensino para Competências, focando em um ensino teórico prático onde a aprendizagem acontecerá de forma vivenciada e com alguns laboratórios disponíveis para aquisição de competências necessárias para o estudante.

De acordo com o governador João Azevêdo, o Inotech irá beneficiar os profissionais e alunos com desenvolvimento na área de inovação e tecnologia. “Essa escola vai permitir que no futuro possamos ter cursos extras para os profissionais da área de informática, além da capacitação dos alunos em cursos básicos. Queremos proporcionar também cursos preparatórios de extensão para outros profissionais da área”, frisou.
 
O secretário de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia, Cláudio Furtado, afirmou que o Inotech visa proporcionar aos estudantes a possibilidade de se qualificarem através de um itinerário formativo para o Ensino Médio integrado ao Técnico até o ensino superior. “Por meio de parcerias com empresas e laboratórios de pesquisas, o Inotech vai oferecer um currículo articulado para o desenvolvimento de competências e habilidades práticas de aprendizagens diversificadas como raciocínio lógico, processo de mentoria personalizado para os estudantes. A ideia é que a aprendizagem seja focada no uso de metodologias ativas e inovadoras nas áreas de tecnologias, proporcionando também aos alunos e professores a qualificação e aprofundamento em língua estrangeira, tornando o Inotech uma escola técnica bilíngue”, disse.
 
Cursos extras – Pensando nos perfis profissionais do curso de Informática e no cenário local da capital, onde possam ampliar suas competências e agregarem valor a este setor econômico, os alunos terão oferta de curso para certificação extra com perspectiva de formação continuada e complementaridade a sua área de atuação no mercado, uma vez que proporciona a especificidade do segmento que almejam atuar.
 
Os cursos extras para Técnico em Informática são: Assistente de manutenção e suporte de computadores; Assistente de redes e segurança de computadores e Assistente de desenvolvimento de aplicativos computacionais e sistemas para internet.

clickpb

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp