Nos pênaltis, Flamengo bate Palmeiras e conquista o bicampeonato da Supercopa do Brasil

Em um jogo eletrizante no tempo normal e também nas cobranças de pênaltis, o Flamengo superou o Palmeiras e conquistou o bicampeonato da Supercopa do Brasil. A partida aconteceu no estádio Mané Garrincha, em Brasília, neste domingo (11), e terminou empatada por 2×2 no tempo normal. Após nove cobranças para cada lado, o time carioca venceu por 6×5 nas cobranças de pênaltis e sagrou-se campeão. O zagueiro Rodrigo Caio foi o encarregado da cobrança derradeira.

No tempo normal, logo no primeiro minuto de jogo, o meio campista Raphael Veiga, do Palmeiras, recebeu a bola de costas para o gol, deu um lindo drible no zagueiro rubro-negro e finalizou na saída do goleiro flamenguista, batendo no canto esquerdo de Diego Alves. Placar aberto.

O jogo seguiu com uma chance de perigo para cada lado até que aos 22, Filipe Luís avançou pela esquerda, fez grande jogada individual e ia fazendo um golaço. Seu chute foi na trave. No rebote, Gabigol, livre de marcação, só precisou empurrar para o fundo do gol.

O Flamengo seguiu pressionando e, mesmo com ofensivas perigosas da equipe palmeirense, e já nos acréscimos do primeiro tempo, virou o placar. Arrascaeta recebeu passe de Bruno Henrique, fez jogada individual novamente pela esquerda, limpou a marcação e finalizou no canto direito de Weverton.

Segundo tempo

O segundo tempo seguiu com chances claras de gol para ambas as equipes. Tanto Wesley, pelo Palmeiras, perdeu uma boa chance no primeiro minuto, e Gabigol, para o Flamengo, aos 10 minutos.

A partir de então, o Palmeiras subiu a marcação. Mas foi em um contra-ataque que a chance do empate veio. Rony recebe lançamento, e é puxado pelo zagueiro Rodrigo Caio dentro da área. Pênalti, que Raphael Veiga cobrou e empatou a partida: 2×2.

Depois do empate, o Flamengo ainda chegou perto de marcar mais um gol duas vezes, uma com Vitinho, e outra com Gabigol. Em uma, o goleiro contou com a sorte da trave, que no rebote a bola foi em direção a sua mão, e a segunda, Weverton defendeu chute de Gabigol em cima da linha. Fim de jogo e tudo empatado.

Pênaltis

Nas cobranças de pênalti, o Palmeiras teve duas chances de marcar o gol do título, mas não concretizou. Luan e Danilo erraram as cobranças derradeiras, e a disputa passou para as cobranças alternadas. Após 8 cobranças, o palmeirense Mayke errou a sua, mas Rodrigo Caio não, dando o título ao Flamengo.

O placar final foi 6×5. Pelo Palmeiras, Raphel Veiga, Gustavo Gómez, Gustavo Scarpa, Viña, Gabriel Veron fizeram os gols, e Luan, Danilo, Gabriel Menino e Mayke erraram. Pelo Flamengo, Arrascaeta, Vitinho, Gabigol, João Gomes, Michael e Rodrigo Caio marcaram, e Filipe Luís, Matheuzinho e Pepê erraram

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp