PGR se manifesta a favor de prisão domiciliar para Roberto Jefferson

A Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestou nesta sexta-feira feira a favor da conversão da prisão preventiva em domiciliar do ex-deputado federal Roberto Jefferson, preso no último dia 13 por participar de movimentos supostamente antidemocráticos.

O parecer assinado pela subprocuradora-geral Lindôra Maria Araújo foi encaminhado ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator de um pedido feito pela defesa do presidente nacional do PTB.

Para a PGR, ficou comprovada de maneira “inequívoca   da imprescindibilidade   da   prisão   domiciliar   para   o   indispensável tratamento  médico  incompatível  com  o  sistema  prisional”.

 

Fonte: Polêmica Paraíba

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp