Roberto Paulino descarta disputar eleições ano que vem e diz que objetivo em 2022 é reeleger seu filho Raniery Paulino

O ex-governador da Paraíba, Roberto Paulino, em entrevista ao programa Arapuan Verdade, desta quarta-feira (12) analisou o cenário do MDB após o falecimento do senador José Maranhão, que era o líder do partido no estado e a atuação do senador Veneziano Vital do Rêgo no lugar dele. Ele também descartou que irá pleitear qualquer candidatura e destacou que seu principal trabalho será para reeleger seu filho, o deputado estadual, Raniery Paulino, para uma vaga na Assembleia da Paraíba. “Por enquanto vou dar um tempo. Tenho que priorizar a candidatura de Raniery Paulino. Esse é o nosso objetivo”, disse.

Como acompanhou o ClickPB, Paulino fez referência ao ex-senador José Maranhão, que faleceu em fevereiro, vítima da Covid-19, ao destacar a condução que o partido está tomando sob nova direção, a do senador Veneziano Vital do Rêgo.

“O MDB tem feito reuniões e trocado informações com o governador. O senador Veneziano que está dirigindo a sigla, segue dialogando para atrair lideranças. João está correspondendo e atendendo aos nossos apelos. Iremos estar em sua chapa. O caminho é esse de trabalho e de procurar novos companheiros, não só aqueles que já estão conosco, mais aqueles de outras siglas também. Essa semente que Humberto Lucena, Ruy Carneiro e José Maranhão plantou deverá ser colhida, mesmo que tardiamente. Com a direção de Veneziano e Nilda, junto com Raniery, que é o líder do MDB na Assembleia. O MDB tem história e tem tradição em nosso estado”, analisou.

Ao ser questionado sobre os rumores de que um dos membros do partido, Nilvan Ferreira, estaria deixando a sigla, ele esclareceu que esse não seria um cenário desejado por ele. “Eu acho que Nilvan é um bom nome dentro da nossa sigla. Inclusive em uma conversa nossa com Veneziano, nós sugerimos que haja um diálogo com ele. Nós iremos respeitar a posição de Nilvan. Mas isso faz parte do jogo da política”, explicou.

A disputa pela vaga ao senado também foi analisada por ele. “O Efraim é um jovem valoroso. Ele faz um ótimo trabalho na Câmara Federal. Também comentam o nome de Galdino, presidente da Assembleia, e outros nomes podem surgir. De minha parte, eu respeito muito ele, tanto quanto Galdino. Então, ambos fazem um trabalho muito efetivo”, destacou.

clickpb

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp