Seleção não é vazada em 69% dos jogos com Tite; Thiago Silva elogia sistema defensivo: “Ganha títulos”

Uma das marcas da Seleção sob o comando de Tite, a força defensiva da equipe voltou a ficar evidente nas últimas duas partidas de 2020. O Brasil fechou o ano com vitórias sobre Venezuela e Uruguai sem sofrer gols.

Com Tite, a Seleção não foi vazada em 69% dos jogos. Desde setembro de 2016, quando o técnico estreou, o Brasil levou gols em apenas em 16 das 52 partidas.

– Você ganha títulos ou coisas importantes com uma fase defensiva sólida, sem tomar gols, sem dar muitas oportunidades ao adversário – analisou o zagueiro Thiago Silva, capitão diante do Uruguai.

– O segredo é o trabalho, a gente trabalha muito duro. Por vezes, as pessoas não veem, principalmente agora, com essa pandemia toda. A gente trabalha muito a fase defensiva, e não apenas os quatro lá atrás e mais o goleiro, é toda uma equipe, uma estrutura. Se o pessoal lá da frente não estiver disponível para fazer um sacrifício um pelo outro, dificilmente a gente não será vazado. A gente procura trocar algumas situações, eles preferem que a gente saia jogando lá de trás para a bola chegar mais fácil, numa situação melhor para eles finalizarem. E a gente preza para a fase defensiva ser equilibrada. Conseguindo esse equilíbrio, é bom para todo mundo – completou o veterano, de 36 anos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp