ÚLTIMO LUGAR: Brasil tem pior desempenho em ranking que avalia lugares para se viver durante pandemia

A última atualização de um ranking divulgado pela Bloomberg colocou o Brasil na 53ª e última posição de países para ser viver durante a pandemia. O levantamento apurou que Singapura aparece no topo da lista. Os dados são referentes a abril.

A lista é formada a partir de uma pontuação, que leva em consideração dados como casos por 100 mil habitantes, taxa de mortalidade, total de óbitos por milhão de habitantes, testagem positiva e população imunizada pela vacina.

O levantamento foi baseado com os dados epidemiológicos de abril, mês em que o País vivia seu pior momento na pandemia. Na última atualização, o Brasil caiu duas posições, aparecendo em último. A pontuação foi de 39,1, pouco atrás da Polônia, penúltima com 40,6. Logo adiante, está a Argentina, que caiu sete lugares e apareceu em 51º, com 41,4.

Os Estados Unidos, que recentemente apresenta uma redução do número de casos e óbitos após a vacinação em massa aparecem em em 17º. Já Singapura, que agora aparece em primeiro, ultrapassou Nova Zelândia.

O país asiático soma 79,7 pontos de acordo com as medidas da Bloomberg, contra 79,6 dos neozelandeses. Austrália, Israel e Taiwan completam, respectivamente, os cinco primeiros lugares do ranking.

Fonte: Polêmica Paraíba com Yahoo Notícias

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp